1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer
Quarta, 16 Outubro 2013 12:27

Após 14 anos, genéricos ainda são bem mais baratos

Pesquisa aponta que diferença média é de 62%

O surgimento dos medicamentos genéricos transformou a indústria farmacêutica. Sua entrada no mercado aumentou o número de laboratórios no País, o que estimulou a concorrência no setor, gerando uma maior variedade de medicamentos e facilitando o acesso da população devido aos baixos custos. Após 14 anos de sua introdução no Brasil, os genéricos continuam vantajosos em se tratando de preço.

Uma pesquisa realizada pelo Cliquefama apontou que a diferença média entre medicamentos de referência e seus genéricos é de 62%. O estudo, realizado em 19 de setembro, comparou o preço de 12 medicamentos disponíveis em três redes de farmácias. O resultado da análise mostrou que os valores variam entre 47% e 75%.

O produto com a maior disparidade encontrada é o Paracetamol. O medicamento da marca Tylenol, 200 mg/ml, em gotas de 15 ml, custa R$ 13,90, enquanto a versão do genérico fabricado pelo laboratório Cimed sai por R$ 3,46. A menor diferença obtida foi no preço do medicamento Losartana Potássica, indicado para casos de hipertensão. A caixa com 30 comprimidos da Cozaar, 50 mg, custa R$ 26,50, e o genérico produzido pela Teuto, R$ 14,17.

Foto: Shutterstock

Fonte: www.guiadafarmacia.com.br

News Letter

Cadastre-se para receber nossos informativos.
Go to Top